Bebê x animal de estimação. Qual a importância desse convívio?

Olá meninas, então, que tal o assunto do blog de hoje? Assustadas? Então vamos lá. Hoje, vou compartilhar uma situação que aconteceu comigo e que por diversas vezes, acabo presenciando a mesma, acontecendo com várias mulheres que tem animal de estimação e estão a espera de um bebê, ou até mesmo que não tem nenhum animal de estimação e pretende ter, mas devido a chegada do bebê fica na dúvida. Ter ou não ter. Eis a questão.

Curiosas né? Então, quando fiquei grávida do meu primeira filha, eu tinha apenas três cachorros. Isso mesmo. Você não leu errado. Três. Daí venho o converseiro. Menina, e agora, o que você vai fazer com seus cachorros? Vai ter que doar né? Porque não pode um bebê conviver com animal de estimação. Na hora juro que fiquei sem resposta. Mais fui atrás de uma solução. Já que meu bichinhos era como um filho pra mim e para meu marido. E para minha surpresa,  a resposta foi: um animal de estimação ajudará no desenvolvimento emocional e social da criança.

Ufa, confesso que respirei aliviada. Não precisaria desfazer dos meus bichinhos. E assim foi. Minha filha nasceu e lidamos com a situação normalmente. Ela foi crescendo e foi aprendendo a brincar com eles e assim aprendendo também a se socializar, pois tudo que ia comer, jogava um pouquinho para os cachorros, assim aprendeu também a dividir. Durante as brincadeiras não era diferente, sempre jogava algo para eles interagirem, pois um animal necessita de cuidados e a criança precisa ter responsabilidade sobre eles. Claro que tudo moderado.

Com o tempo é só você ir administrando essa responsabilidade que a criança terá ao cuidar do seu animalzinho, assim ela desenvolverá  a autonomia, afetividade e os mais diversos sentimentos como alegria, frustração e respeito.

Quer saber minha opinião? Vale muito a pena. Como experiência própria, posso relatar que a criança que convive com o animal de estimação influenciará nas relações futuras com os amiguinhos, pois ela fica mais afetuosa, sociável, justa e não é individualista.

 

Vocês devem estar se perguntando né. Meu filho não terá alergias? E vou te responder. Estudos mostram que crianças que convivem nos primeiros anos de vida com animais de estimação estão menos propensas a desenvolver alergia, pois o seu sistema imunológico já está acostumado com os agentes encontrados nos animais.

 

Então, você que está pensando em ter um animal de estimação é só escolher o seu. Mas preste atenção. É sempre bom consultar a opinião de um veterinário, este irá te auxiliar qual a raça certa para cada tipo de ambiente.

 

Bom espero que tenham gostado do assunto de hoje. E cuide com muito amor e carinho do seu animalzinho de estimação...beijos e até a próxima!

 

  • Aura
  • BB
  • Bradesco
  • Dinners
  • Hipercard
  • Itaú
  • Master
  • Visa
  • American
  • Boleto